Atendimento feito pelas estagiárias do curso de Terapia Ocupacional

Na Escola e Centro de Reabilitação Visual Louis Braille proporcionam diversos estágios para cursos da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), um deles é o de Terapia Ocupacional que auxiliam as pessoas que tem deficiência visual. Uma delas , a Sabrina do Amaral nos conta como está sendo a experiência “Eu entrei não faz muito tempo, foi nesse semestre em agosto e está sendo bem legal para mim. Minha primeira experiência de estágio de atender, tenho meus próprios pacientes, um público com o qual nunca tinha trabalhado”,relata.

Sabrina ressalta ainda a importância do trabalho de inclusão e se ela tinha alguma experiência com essa área. ” Eu tive na faculdade mesmo. Na Terapia Ocupacional me envolvi muito nessas questões inclusivas. E ai me deu uma noção assim. Mas na prática eu não tive muitas experiências, esta é a primeira vez”,finaliza Sabrina.

Ela e sua colega Talita Escouto trabalham como estagiárias no Centro de Reabilitação e elas fazem vários atendimentos e dinâmicas diferentes a de hoje foi de orientação e treinamento para maquiagem.

Alguns registros desse atendimento:

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, área interna
A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna