Prêmio Preta G de destaques do ano presta homenagem à Escola Louis Braille

Hoje durante toda a tarde houve o Prêmio Preta G de destaques do ano no auditório externo do Colégio Municipal Pelotense. Para representar a Louis Braille receberam a premiação com a plaquinha do evento a professoras da escola, Ana Berenice Reis e Vanice Gomes.

Emocionado , o organizador do evento,coordenador da ONG Anjos e Querubins, Ben Hur Flores, falou da importância da instituição para a vida dele que tem baixa visão. “As pessoas dependiam de mim por causa desse projeto social , em menos de um ano, já tinha perdido quase que totalmente a visão. e ai me revoltei. Eu tinha medo de atravessar a rua. Aí fui até a Escola Louis Braille, graças a deus encontrei pessoas como a professora Vanice Gomes e a professora Rita de Cássia que também estou comigo. Foi quando eu percebi que existe vida depois da perda de visão. Eles me ensinaram que a deficiência te traz limitações, mas não incapacidades”,finaliza.

Diversos projetos sociais, artísticos, de dança e instituições, órgãos de imprensa , pessoas em geral, ativistas, foram agraciados com a homenagem. Além disso houve apresentações dos grupos Ballet Culturaarte de Alvorada, Renovação do Bairro Getúlio Vargas aqui de Pelotas e de RAP como SB CREW e HOT BOYS também vindos do Getúlio Vargas.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco e pessoas em pé
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco, pessoas dançando e área interna