Óculos conectados ao cérebro fazem mulher voltar a enxergar após 16 anos

Uma espanhola com deficiência visual conseguiu enxergar pela primeira vez após mais de uma década de cegueira graças a um dispositivo que está sendo desenvolvido por pesquisadores espanhóis e que usa a mesma lógica do implante coclear – aparelho conectado ao cérebro que permite pessoas com deficiência auditiva perceberem sons. Usando óculos conectados ao seu cérebro, Bernardeta Gómez, 57, conseguiu, mesmo que de maneira disforme, identificar pessoas e objetos ao seu redor por meio de pontos e formas brilhantes com cores brancas e amareladas. A espanhola perdeu a visão quando tinha 42 anos,

Bernardeta Gómez, 57, usa tecnologia para identificar pessoas e objetos - Divulgação/Eduardo Fernández Jover

Fonte: Canal Tilt-UOL