Deficiente visual cria blog para relatar viagens com seu cão-guia

Já imaginou viajar por vários países com seu melhor amigo e se aventurar para além do olhar? 

A paulistana Mellina Reis, de 38 anos, faz isso desde 2015 ao lado da Hillary, uma cão-guia da raça labrador. Por causa de uma degeneração na retina, Mellina ficou cega aos 27 anos de idade.

Ela, que é formada em turismo, não permitiu que a deficiência visual a impedisse de fazer uma das coisas que mais ama na vida: viajar.

E Mellina foi além: decidiu criar um blog para contar as aventuras ao lado da cachorrinha que se tornou seus olhos.

Mesmo sem enxergar, ela garante que é possível sim conhecer cada lugar, por meio dos outros sentidos. “Eu não conheci visualmente o local, mas tive toda a outra experiência sensorial, então sempre que eu visito algum lugar eu tenho a experiencia de sentir a energia do local. Eu tenho um cão guia, a Hilary, então eu sinto a felicidade dela de estar no local, de me guiar em um lugar diferente”, diz emocionada.

A dupla já viajou por nove países. A turismóloga conta que as sensações, os cheiros, o modo de falar das pessoas que as recebem e, acima de tudo, a acessibilidade nos locais por onde passa, são importantes para uma viagem bem-sucedida. Segundo ela, a maioria das pessoas fazem de tudo para lhe atender bem, mesmo que o lugar não seja acessível e que não tenha tanta estrutura de acessibilidade.

Aqui no Brasil, Mellina Reis e Hilary já passaram por mais de 100 cidades, entre elas, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza e a capital federal. As histórias dessas e outras viagens da dupla podem ser acompanhadas no site 4pataspelomundo.com ou no perfil no Instagram 4pataspelomundooficial.

Sobre mim

Fonte :RádioAgência Brasil