Atriz com deficiência visual rege coral de crianças em comunidade de Fortaleza

Uma atriz com deficiência visual decidiu dar aulas às crianças da vizinhança e acabou criando um projeto onde meninos e meninas formam um coral e recebem aulas de música na comunidade do Areal, no Bairro Aerolândia, em Fortaleza.

Maria de Fátima Carvalho, 28 anos, faz os pequenos enxergarem a arte com aulas de canto, flauta e teatro. Nesta terça-feira (12), os alunos vão realizar uma apresentação, transmitida nas redes sociais do projeto Visão Sonora, em homenagem ao Dia das Crianças.

Maria de Fátima é uma atriz com deficiência visual que decidiu dar aulas de música às crianças da vizinhança. — Foto: Thiago Gadelha/Sistema Verdes Mares

A atriz Maria de Fátima dá aulas de música a crianças da vizinhança de onde mora

“Sempre gostei de música e quando me formei no IFCE [Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia] não sabia se queria dar aula ou ser atriz. Então, minha mãe sugeriu que eu chamasse as crianças que ficavam na rua próxima à minha casa para ensinar. Inicialmente, foram oito crianças e a gente ensaiava na rua, depois foram aparecendo outras, e o projeto foi crescendo”, diz Fátima.

A harmonia entre o desejo de Fátima em ensinar o que gosta e ajudar as crianças da região ultrapassou as limitações que poderiam ocorrer pela falta da visão e, atualmente, o projeto beneficente criado por ela atende 42 crianças e adolescentes, a partir dos 5 anos de idade.

Atualmente, o projeto beneficente criado por Fátima atende 42 crianças e adolescentes. — Foto: Thiago Gadelha/Sistema Verdes Mares

Atualmente, o projeto beneficente criado por Fátima atende 42 crianças e adolescentes. — Foto: Thiago Gadelha/Sistema Verdes Mares

As crianças e adolescentes que participam do projeto realizam apresentações em escolas, igrejas, empresas e em eventos para o quais são convidados, com repertório variado.

Diagnosticada na infância com retinopatia da prematuridade, após ter nascido de uma gestação prematura de seis meses, Fátima conta com a ajuda da mãe e de amigos voluntários durante as aulas de flauta e no ensaio do coral, ministrados por ela para três turmas.

Fonte: G1- CE